Coleção de Insetos da Universidade da Madeira

A Coleção de Insetos da UMa é uma ferramenta excelente por fornecer aos estudantes universitários um treino abrangente e por estabelecer uma relação entre diversas unidades curriculares. Além disso, estimula a curiosidade e o interesse dos alunos em temáticas como o declínio da biodiversidade, espécies invasoras, conservação da natureza, alterações climáticas e patogeneos emergentes. Esta compreensão alargada da diversidade e complexidade dos seres vivos serve também para desenvolver atitudes de respeito e amor pela natureza.

O material da Coleção dá apoio a várias unidades curriculares da Licenciatura em Biologia, de Mestrados em Ecoturismo, de Mestrados em Bioquímica Aplicada, do Curso Superior de Guias de Natureza, ou na Formação de Educadores e Profesores. Os espécimes têm origem em coleções de estudantes, projetos de investigação e prestação de serviços, trabalhos académicos como teses de mestrado ou de doutoramento e estágios. Poderá ver mais informação sobre estes trabalhos aqui. A nossa coleção documenta a presença de espécies ao longo do tempo e é uma fonte inestimável para registar mudanças nas distribuições das espécies.

A Coleção em números

Em março de 2021, a Universidade da Madeira iniciou um programa de voluntariado com o principal objetivo de digitalizar a Coleção de Insetos da Universidade da Madeira. Conheça os números atualizados resultantes desse programa.

0
Número de espécimes já contabilizados
0
Números de espécimes digitalizados (61,90%)
0
Estimativa do número total de espécimes

Número de Espécimes por Ordem

* Este valor diz respeito aos espécimes que estão sem identificação na base de dados. Isto não significa que os espécimes em questão não têm identificação na coleção.

As coleções da UMACI

A Coleção de Insetos da Universidade da Madeira é constituida por 3 coleções. Conheça um pouco mais sobre cada uma delas.

Coleção
Pedagógica

Coleção que resulta do material dos alunos que frequentam disciplinas relacionadas com insetos na UMa.

Coleção de interesse médico e veterinário

Coleção com maior abrangência geográfica, tendo sido os primeiros espécimes coletados nos anos 50.

Coleção de Hemiptera Auchenorrhyncha

Coleção com insetos da Grécia, Península Ibérica e Macaronésia, tendo sido os primeiros espécimes coletados em 1992.

Utilidade da Coleção de Insetos da UMa

No âmbito da investigação, os dados da Coleção podem ser utilizados para:

  • Identificar espécies;
  • Descobrir novas espécies;
  • Estudar relações evolutivas;
  • Reconhecer espécies ameaçadas e em perigo;
  • Avaliar o status e a qualidade dos habitats ao longo do espaço e do tempo;
  • Ajudar a definir e implementar programas de conservação;
  • Determinar a chegada e aumento da distribuição de espécies exóticas e invasoras;
  • Avaliar os efeitos das mudanças climáticas globais;
  • Localizar populações de importância médica e veterinária;